05 julho 2006

As teenagers e os "mais velhos"

Eu nunca havia entendido o porquê das adolescentes ficarem tão fascinadas com os garotões mais velhos que nós, da mesma idade que elas. Isso realmente me incomodava. Dava raiva ver minhas amigas chorando pelos cantos, a torto e a direito, até esgotarem os 70% da água contida em seus corpos. E ainda assim, não mudavam de idéia quanto a mim. Até que eu resolvi pensar mais sobre o assunto...

Conversando com uma delas, de forma bastante descontraída, fiz o que se chama de "plantar verde pra colher maduro". Era como se eu perguntasse respondendo, e ela apenas confirmasse as minhas suspeitas. Foram mais ou menos 50 minutos de conversa sobre o assunto, via mensageiro eletrônico, e ao final, a formulação de mais uma teoria minha: as adolescentes gostam de se envolver com rapazes mais velhos para se sentirem "protegidas". Segundo diversos psicólogos (tipo aqueles que aparecem no Faustão e no Gugu, de vez em quando), as mulhers moldam, ainda adolescentes, a sua visão de homem, baseando-se na figura paterna. Elas tomam para si que tudo o que se deve procurar (ou evitar) em um homem está presente naquela figura paterna, ali, dentro (ou não) de casa. Sendo assim, quando, ainda adolecentes, elas procuram um namorado sério, quase sempre não encontram tais referências entre os garotos de mesma idade, visto que a personalidade e o caráter dos mesmos ainda se encontram em formação. Daí, procuram em uma faixa etária um pouco mais elevada, algo em torno de 21 a 25 anos (quando elas ainda estão entre 15 e 20 anos).

Há ainda a vertente que defende a tese de que os garotos na faixa etária entre 14 e 20 anos não possuem maturidade suficiente para manter uma relação segundo as prioridades femininas: respeito mútuo, compreensão, cumplicidade, etc. Dizem elas que os seus colegas de classe, vizinhos e outros garotos da mesma idade só querem saber de sexo. E ainda por cima, se vangloriam, perante seu grupo, contando vantagem da sua performance, aumentando pontos aqui e ali, ou reinventando a história ao seu bel prazer... Digo-lhes, garotas: tais prioridades não são só femininas! Existem garotos que querem sim manter um relacionamento duradouro, não necessariamente envolvendo sexo, sem pressa, com compreensão, cumplicidade, entrega, etc. São raros, é verdade, mas eles ainda existem! Também existem exceções entre as meninas. Existem aquelas que são autosuficientes o bastante para tomar a iniciativa, flertar um rapaz que lhe agrade (e aqui eu me abstenho da questão da faixa etária por enquanto). Por outro lado, existem também aquelas que são tímidas (ou não correspondem ao padrão de beleza estabelecido pela sociedade) e esperam pela "boa vontade" dos garotos, da mesma idade ou não. Para as tímidas, a opção está (ao meu ver) apenas em aceitar ou amargar mais algum tempo sozinha. Em alguns casos, ficar sozinha é mais vantajoso, em virtude de questões como valorização própria. Para as atiradas, há a possibilidade de escolha, e na maioria das vezes se opta por rapazes mais velhos.

"Quanto mais jovens, menos os sexos se entendem", me disse uma outra amiga, enquanto escrevia este texto. Será mesmo? Eu sempre achava que o prazer da descoberta por pura inexperiência era o melhor deles. Sempre quis descobrir as coisas com garotas tão inexperientes quanto eu, sem medo de que alguma coisa desse errado (garotos sofrem muito com isso, acreditem). Até que tive algumas experiências interessantes a vida... Aos meus 16, relacionei-me com uma mulher de 20 anos: aprendi muito (que belo corpo, aquele...), mas com certeza ensinei muito mais. Aos meus 20, relacionei-me com uma garota de 15: ensinei muito, mas aprendi muito mais (como ela era carinhosa...)...

Após estas reflexões, pergunto: ainda é válido, garotas, manter esta "tradição" do interesse por homens mais velhos? Penso eu que não. Talvez por achar que faço parte do grupo dos "certinhos", mas tenho outras formas de justificar. Na minha opinião (e penso que ela é, no mínimo, coerente), o que vale é a personalidade, as coisas em que se pensa, os desejos, as esperanças, os sonhos, o sentimento mútuo, e a certeza de que alguém também vai aprender muito com isso. Não adianta se entregar ao primeiro "vintão" que aparecer, achando que "ele vai cuidar bem de mim". Não adianta deixar de falar o que se pensa, achando que "se ele diz, é porque ele tem mais experiência que eu". Meninas, meus anjos, a vida é bem mais dura que um cacete mais experiente... Cada coisa em seu tempo, sem pressa, e tudo se resolve...

Veja também: as mulheres gostam de homens mais novos ou mais velhos? As loucas baladas dos paulistas endinheirados Por quê namorar pais das(os) amigas(os)? Interesse dos "coroas" por mulheres mais novas (com Drauzio Varella) Garotos mais velhos são má influência...

Comentários
7 Comentários

7 comments:

A disse...

Mesmo pras meninas q são desde sempre críticas e autosuficientes, é quase impossível achar alguém exatamente da msm idade p/ se relacionar. E isso levando em conta critérios muito mais intelectuais e de personalidade q físicos.

Normalmente essa diferença é de no mínimo 1 ano, especialmente p/ os adolescentes. Pq como os psicólogos explicam: os meninos demoram mais pra amadurecer q as meninas. São assuntos diferentes, eles ainda não tem muito "jeito" com elas. Não rola.

Com o passar dos anos, e das gerações tbm, os meninos parecem estar acompanhando melhor esse desenvolvimento psicológico das meninas, e as idades parecem estar se aproximando.

Enfim, o q eu quero dizer é q msm p/ as meninas q não dispensam um pretendente após ver seu RG, é difícil achar um companheiro, ficante, namorado, da sua idade, pq eles parecem não estar preparados pra isso ainda.

A disse...

Sobre a primeira pesquisa: o q tem a ver o cu com as calças?

Somente o fato de ter mais oportunidade por estar num meio onde isso existe, como as festas. E msm assim, olhe lá.

Essas pesquisas americanas, tsc tsc

A disse...

Sobre as baladas: fazem mais, fazem pior, como dizem, "Não somos nós q pagamos a conta".

E não vou nem entrar no mérito de quem paga, ou pior ainda, como paga. Roubando dinheiro público, sonegando impostos e explorando funcionários.

Filho de peixe peixinho é.

A disse...

Gostei da terceira matéria. Ainda é um mistério o q vai acontecer a partir desse momento em q vivemos, dessa nossa realidade atual.

A disse...

Sobre o Dráuzio Varela:

Vixe, não sei o q vai vir não, mas q vai ser mais difícil de se reproduzir, isso vai. Os medianos e medíocres vão ficar cada vez mais medianos e medíocres. Onde vamos parar?

Se as jovens estão hj mais liberadas e exigentes, como estarão lá com seus 30, 40 anos? Será q vão "abrandar"?

A disse...

Ainda vai demorar um pouco pras meninas entre 15-20 se relacionarem em sua maioria com caras entre 15-20.

Pq a esmagadora maioria ainda não tem condições de acompanhar o desenvolvimento psicologico e da sexualidade q elas adquirem desde essa idade.

A disse...

Gostamos de homens mais novos ou mais velhos?

Bem, depende não só da idade mas tbm da personalidade (acho q só depende da personalidade, pra ser sincera) da mulher.

Simplesmente tem mulher q não se dá bem c/ o pessoal da msm faixa etária, como foi citado. E outras q já estão na msm sintonia.

Postar um comentário

Regras são chatas, mas...

- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- CAIXA ALTA, miguxês ou erros de ortografia não serão tolerados;
- Ofensas pessoais, ameaças e xingamentos não são permitidos;